Uma manhã em Maquehue – Las Condes

Nunca esteve nos meus planos conhecer Maquehue, mas por conta de um imprevisto, quando estava no Brasil, comprei a minha entrada para Macchu Picchu com desconto para estudante, até que quando eu coloco a mão no bolso para entrar no museu de arte pré-colombiano, cadê a carteirinha? Então graças a uma força tarefa, encontrei uma alma caridosa que estava vindo para Santiago e trouxe a carteirinha até Santiago, ela estaria hospedada no bairro de Maquehue.

Assim que coloquei os pés no bairro de Maquehue, fiquei deslumbrado com a beleza das cordilheiras que pareciam mais próximas, a melhor visão das cordilheiras até o momento. Maquehue é um bairro comercial, grandes prédios espelhados e empresas conhecidas no Brasil enfeitam as esquinas.

Mas afinal, o que fazer em Maquehue?

Que tal começar pelas compras de eletrônicos?

Quando estava no Brasil, ouvi dizer que o Chile era muito barato para comprar equipamentos eletrônicos, assim que caminhei pelo centro de Santiago pensei, “no way”, sempre que fazia conversão dos valores saia o mesmo preço ou até mais caro, com a desvantagem de pagar em dinheiro para evitar o IOF das transações bancárias.

A dica que deixo aqui é procurar o shopping center Parque Arauco, e claro que pode usar o parque urbano Parque Araucano para chegar ao shopping, assim você conhece o shopping e o parque de uma vez só.

Caso esteja procurando roupas, joias e bugigangas femininas, Manquehue conta com o modesto Shopping Apumanque, que dispões de grandes lojas de grifes do universo da moda; mas você encontrará aqui um enorme seleção de calçados e vestimentas de marcas nacionais, por preços muito bons. Além de caixas eletronicos, farmacias e cabeleireiros (vai que aconteceu alguma tragedia no visual e precisa de um retoque)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *